SECOVI/DF DIVULGA ÚLTIMOS DADOS DO MERCADO IMOBILIÁRIO

Selo SECOVI-DF

SOLICITE AGORA ir!

Boletim

 

Os principais números do mercado do DF.Baixar

Newsletter SECOVI-DF

 

Assine nossa Newsletter. Assinar

Convenção coletiva

Baixe a convenção Coletiva.Baixar

Smaller Default Larger

SECOVI/DF DIVULGA ÚLTIMOS DADOS DO MERCADO IMOBILIÁRIO

O Boletim de Conjuntura Imobiliária divulgado pelo Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF), referente a abril, confirma que o mercado ainda sofre com as turbulências da economia que é verificada, nitidamente, pela tendência de crescimento da amostra de imóveis ofertados no período, de 40.501.

Porém, a rentabilidade residencial não apresentou variações com destaque para as quitinetes no Guará que registraram um percentual de 0,46%. Brasília se manteve como a região com o maior valor de oferta por metro quadrado para venda.

 

Já, os imóveis comerciais à venda registraram variações relevantes. No Setor de Indústria, as lojas apresentaram crescimento de 34,97% no valor mediano por metro quadrado, isso devido a peculiaridade da região. Porém, as lojas em Taguatinga apresentaram variação negativa de 28,79%, em relação a março.

As medianas dos preços por m² dos imóveis residenciais para venda  sofreram queda, observado nas quitinetes do Guará e de Águas Claras de 9,51% e 1,58%, respectivamente. Os valores de locação também tiveram um decréscimo, a maior variação do preço médio foi localizada em Brasília, para casas com 3 dormitórios  de  -14,54%.

Em relação aos imóveis comerciais à venda, a categoria de salas no Guará registrou -13,76%, após dois meses de crescimento e Águas Claras obteve o menor valor de venda da categoria nos últimos seis meses.

Porém, o Índice SECOVI de comercialização seguiu a tendência de crescimento observada nos últimos meses, variando 0,989% em abril. O índice para locação também obteve uma pequena variação, pela terceira vez consecutiva, fechando em  0,251%.

SECOVI-DF nas redes sociais