Vendas de imóveis crescem 25,5% entre janeiro e agosto

Selo SECOVI-DF

SOLICITE AGORA ir!

Boletim

 

Os principais números do mercado do DF.Baixar

Newsletter SECOVI-DF

 

Assine nossa Newsletter. Assinar

Convenção coletiva

Baixe a convenção Coletiva.Baixar

Smaller Default Larger

Vendas de imóveis crescem 25,5% entre janeiro e agosto

A sucessiva queda na taxa básica de juros (Selic), hoje em 7,5%, trouxe reflexos positivos no mercado imobiliário, conforme pesquisa da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc). Entre janeiro e agosto deste ano foram vendidas 45.267 unidades habitacionais no País, o que representa um aumento de 25,5% se comparado ao mesmo período de 2016.

O aquecimento do setor elevou o otimismo de profissionais da área para 2018. Para economistas, a política da queda de juros terá papel primordial na retomada do crescimento na construção civil e as construtoras já estão apostando em novos empreendimentos para o ano que vem.

 

Levantamento do Bradesco publicado pelo jornal O Estado de S.Paulo, afirma que a cada corte de 1 ponto na Selic a renda mínima exigida para financiar o imóvel cai de 6% a 8%. Esse 1 ponto percentual de corte, segundo o banco, faz com que 1 milhão a mais de famílias passem a se tornar elegíveis a um financiamento imobiliário de R$ 200 mil.

Com Agências

SECOVI-DF nas redes sociais

Aviso!